10 ideias sustentáveis que deram certo

10 ideias sustentáveis que deram certo

Precisamos, cada vez mais, de ideias e atitudes que melhorem o nosso ar, clima, água…enfim, o nosso planeta que tem sofrido tanto com a negligência de vários de nós, seres humanos. Concorda?

Mas nem tudo está perdido! Reunimos aqui, nessa lista do bem, as 10 ideias sustentáveis que são realmente de tirar o chapéu, dão um novo fôlego para o nosso planeta e reascendem nossa esperança no ser humano.

10 – Impressora sem tinta e sem papel

A empresa coreana Sanwa Newtec criou uma solução incrível e inovadora para empresas que gastam toneladas de papel por ano: a eco-impressora PrePeat.

Ela pode apagar o que imprimiu, não usa tinta nem toner e opera com um papel especial feito de garrafas PET recicladas – que é regravável.

A impressora funciona com um sistema de calor controlado que, em contato com folhas de papel regravável, escurece ou clareia sua superfície (sim, ela só imprime em preto-e-branco).

Veja, no vídeo abaixo, como a impressora ecológica funciona:

https://www.youtube.com/watch?v=AQiXONfGwDc

Documentos que não são mais necessários podem ser apagados e a folha, reutilizada. Uma única página pode ser impressa cerca de 1.000 vezes.

Como uma impressora dessa custa cerca de 10 mil reais, sabemos que nem todos podem investir numa solução como essa.

Mas vale ressaltar que atitudes simples e conscientes já ajudam. Como imprimir frente e verso, reutilizar como rascunho aquelas páginas que não servem mais e pensar com carinho se aquele documento precisa, realmente, ser impresso.

Essas atitudes já contribuem para reduzir o desperdício de papel e o volume de lixo em nosso planeta.

9 – Um prédio, literalmente, verde

Um prédio verde – literalmente verde. Estamos falando do incrível e sustentável edifício de cinco andares que abriga a Escola de Arte, Design e Comunicação da espetacular Universidade Tecnológica de Nanyang, em Cingapura.

Seus telhados são revestidos de grama e possuem funções muito mais que decorativas. Além de integrar o edifício com o verde abundante do campus, servem a vários outros propósitos: as rampas suaves permitem que sejam considerados uma espécie de jardim, e ponto de encontro para estudantes.

Veja uma outra perspectiva do prédio da Escola de Arte, Design e Comunicação da Universidade Tecnológica de Nanyang

Por ser um revestimento natural ajuda no equilíbrio térmico; sendo de grama, o telhado absorve água da chuva, canalizada em seguida para reservatórios que permitem sua utilização para a limpeza do próprio campus, veja as fotos abaixo.

8 – Gere energia pedalando e ganhe refeição em Hotel

Em busca de inovar e conquistar seus clientes, o hotel dinamarquês Crowne Plaza Copenhagen Towers, localizado na capital de Copenhague, criou uma iniciativa sustentável oferecendo aos hóspedes refeições grátis.

De fato os turistas não precisavam desembolsar dinheiro para almoçar ou jantar. Para terem direito ao benefício, bastava terem disposição de sobra para pedalar as bicicletas elétricas instaladas no local, que convertiam energia de movimento em eletricidade para iluminar o hotel.

As bikes ficavam numa área fitness do estabelecimento e, para ganhar uma refeição “0800”, cada cliente precisava pedalar o suficiente para gerar 10 watts de energia para o hotel. O que representava, aproximadamente, 15 minutos de exercício físico em ritmo intenso.

O esforço rendia ao hóspede o direito de gastar 240 coroas dinamarquesas (cerca de 44 dólares) no restaurante ou bar do Crowne Plaza Copenhagen Towers. De acordo com o gerente, o valor era mais que o suficiente para saborear qualquer prato do cardápio.

No entanto, mais que conseguir geração de eletricidade para o hotel, a intenção da iniciativa era mostrar aos hóspedes que a energia não cai do céu e, assim, incentivá-los a usá-la com consciência.

Afinal, 10 watts é uma quantia simbólica e o estabelecimento já conta com 2.500 m² de painéis solares em sua cobertura que fornecem ao hotel boa parte da eletricidade de que necessita para seu funcionamento.

Conforme proposto pela gerência, a iniciativa durou cerca de um ano e, de fato, conferiu popularidade ao Crowne Plaza Copenhagen Towers.

Os hóspedes lamentaram o fim do projeto e reivindicam sua volta. E você, o que acha se outros hotéis investirem nessa ideia de trocar pedaladas por comida?

7 – Produzindo energia conforme a música

Continuando a falar sobre geração alternativa, sustentável e econômica de energia elétrica…

Dance to save the world” é o que está escrito no chão do bar, que traduzindo significa: Dance para salvar o mundo.

Sabemos que toda a estrutura de luzes e som de uma “balada” consomem uma quantia considerável de energia elétrica.

Pensando nisso, o dono do Bar Surya, em Londres, refez o chão da pista de dança de seu estabelecimento e o revestiu com placas que, ao serem pressionadas pelos frequentadores do lugar, produzem corrente elétrica.

Essa energia é então usada para ajudar na eletricidade necessária para o funcionamento da casa. Andrew Charalambous, o visionário dono do bar, diz que a eletricidade produzida pelos clientes, ao se movimentarem na pista modificada, representa 60% da necessidade energética do lugar.

6 – Lave as mãos e regue sua plantinha

Feita de concreto polido, a Pia batizada de Jardim Zen possui um canal que aproveita a água utilizada na lavagem das mãos para molhar uma planta.

Criada pelo jovem designer Jean-Michel Montreal Gauvreau, a pia vem em bacia dupla ou modelo simples.

E não se preocupe, pois a sua plantinha não vai “tomar” água ensaboada. Uma peça no início do canal drena o líquido e só deixa água sem sabão escorrer até a planta.

5 – Quem planta, colhe…com essa invenção, 88% mais rápido

Ainda falando de plantas…

Veja como esta invenção, chamada de Paperpot Transplanter, pode transformar horas de trabalho em uma plantação de mudas, em minutos.

Assista à esse vídeo incrível do Insider para entender tudo sobre essa invenção:

https://www.youtube.com/watch?v=J_ia4KpVLKs

Uma “corrente de papel” é esticada sobre um plano de plantação e logo após é preenchida de terra. Então as sementes são colocadas, praticamente de uma só vez, com o auxílio de uma placa perfurada e em pouquíssimos minutos cada uma está em seu lugar.

Com toda sua engenhosidade e praticidade, o Paperpot promete reduzir o tempo de plantação em cerca de 88%. Ou seja, se antes você gastava em torno de 2 horas para plantar as suas mudas, com ele seu tempo investido nessa tarefa cai para cerca de 15 minutinhos.

São mais mudinhas (futuras plantas e árvores) em muito menos tempo. E nosso planeta agradece!

Ama os Animais? Leia também >> 11 Motivos Para Você se Tornar Vegana(o) Hoje!

4 – Com esse invento, 90% da água do seu banho não vão para o ralo

O designer húngaro Alberto Vasquez criou o Gris, espécie de tablado que armazena a água do banho. São quatro compartimentos interligados com capacidade de armazenar até 10 litros.

Quando conectados, os compartimentos formam inclinação no centro, o que permite que a água escorra e entre no tablado. Depois do banho, é possível separar as quatro partes e usar a água ali armazenada para lavar o banheiro, a cozinha, o quintal, para dar descarga, entre outras opções.

Segundo Vasquez, o Gris é mais eficiente do que bacias porque coleta até 90% da água do banho, enquanto baldes reaproveitam apenas 30%.

O produto ainda não está à venda, mas tem muito potencial para dar certo. O criador imagina que o tablado irá custar em torno de 60 reais.

3 – Água da pia direto para a descarga do vaso

Uma rápida ida ao banheiro pode gastar muitos litros de água. Uma simples descarga num vaso sanitário pode consumir litros de água sem necessidade.

No Japão é muito comum as residências possuírem vasos sanitários com pias acopladas à caixa de descarga, fazendo com que a água da lavagem das mãos seja utilizada para este fim. Existem empresas no Brasil que vendem este tipo de aparelho sanitário.

2 – Mais água potável e eletricidade barata com essa engenhoca

Preocupada com a quantidade de pessoas sem acesso à água potável no mundo, Cynthia Sin Nga Lam, estudante australiana de 17 anos, desenvolveu o H2prO, um dispositivo barato e portátil capaz de purificar águas residuais e gerar eletricidade.

Isso, a partir do uso de um ingrediente muito abundante em qualquer lugar do planeta: a luz do Sol.

A água suja entra na parte superior do invento e passa por uma malha de titânio que esteriliza a água quando ativada pela energia solar.

Essa reação divide água em oxigênio e hidrogênio, que por sua vez é usado para gerar energia. O mais legal é que impurezas na água, como detergentes, geram mais hidrogênio e, consequentemente, mais energia.

1 – Mais plantas e menos garrafas pet, pneus, botas velhas… no planeta

E por último (ou a ideia nº 1 da lista), mas não menos importante, os vasos de plantas feitos com materiais reutilizáveis, que podem não ser nenhuma invenção do século mas são práticos e geniais.

Podem ser vasos de garrafas pet, pneus e botas velhas e que não servem mais, vasos de capacetes de obra, ou o que mais a sua imaginação deixar fluir!

Veja abaixo mais algumas fotos pra te inspirar ainda mais a colocar essa ideia sustentável em prática e deixarmos o nosso planeta mais feliz…e também deixe seu comentário dizendo o que você achou da nossa lista e se viu mais alguma ideia sustentável genial por aí! 😉

Vasos de garrafas pet estilo porquinhos

Vasos de plantas com botas velhas

Vasos de pneus velhos na horta

Horta suspensa em paletes

LEIA TAMBÉM E VEJA >> Como ter sua Horta Orgânica de Morangos em Casa!

Envie seu comentário